quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

AURORAS BOREAIS E AUSTRAIS



Qual a verdadeira origem das auroras boreais (no polo norte) e austrais (no polo sul)? A ciência diz que são causadas pelo Sol a 150 milhões de Kms de distância da Terra, porém há cada vez mais a tese de que têm origem no interior de nosso planeta onde existe um "Sol Central" com cerca de 900 Km de diâmetro, sendo esse talvez o 'núcleo' incandescente que a ciência refere mas nada tem a ver com o 'magma' ou lava dos vulcões, pois esse se forma mais à superfície onde existem os combustíveis fósseis (hidrocarbonetos, crude, gás natural, etc). 

A tese da "Terra Oca" é já uma realidade que a NASA bem conhece e não revela publicamente por motivos óbvios, sendo habitada por uma civilização mais avançada do que a da superfície, conhecida há milhares de anos pelos hindus e tibetanos, e que o Vice-Almirante Richard Byrd contactou fisicamente na sua última expedição ao Polo Norte em 1947, tendo adentrado a Terra em cerca de 2730 Km, tendo visto ali o 'paraíso' há muito perdido ou aquela "terra de perpétuo mistério, o centro do desconhecido", como revelou em suas memórias num Diário que manteve em segredo até à sua morte.

Portanto, a questão das auroras boreais e austrais tem origem no "Sol Central" de nosso Planeta que sob determinadas circunstâncias se refletem na atmosfera exterior através das aberturas polares e não no Astro-Rei a 150 milhões de Kms de distância da Terra. Se assim fosse, não se verificaria o fenómeno apenas nas zonas polares e sim em qualquer parte do mundo...

Rui Palmela
http://www.novaera-alvorecer.net/


Sem comentários:

Enviar um comentário