terça-feira, 12 de agosto de 2014

EMBURRECIMENTO / ENVENENAMENTO DA SOCIEDADE

Já á muito tempo se fala dum cenário que está armado para uma nova pandemia global, que irá reduzir a população a um nível "aceitável". Quando digo  "aceitável " refiro-me a dizimar cerca de 6.500.000.000 de seres humanos do planeta. 

Não dá para afogar toda essa gente ou jogar uma bomba na Babilónia como já aconteceu antes... vivemos em tempos modernos e um vírus ou uma super bactéria é bem mais prático e muito mais eficiente.    
Um exemplo breve é o número de vacinas hoje aplicada nas crianças, com um último reforço da H1N1 que já é aplicada no período pré-natal, antes mesmo da pobre criança sair da barriga da mãe.  Para você ter uma ideia, e não sair dizendo por aí que sou maluca e exagerada, de uma olhada nessa simples tabelinha:

          

( EM 2012 FORAM DADAS ÁS NOSSAS CRIANÇAS 49 DOSES DE 14 VACINAS ATÉ AOS 6 ANOS )

A maior parte dessas vacinas contém substâncias que afetam o sistema nervoso central. Basta pesquisar na internet.  E se estiver disposto, comece pesquisando sobre a H1N1 que é a vacina do momento pra facilitar...

No ingerir, pense nos transgênicos do seu armário, nos agrotóxicos e na água fluoretada que você bebe.  Fazer o quê, né? Se você não planta a sua comida, a situação é do tipo : se correr o bicho pega e se ficar o bicho come!

Se não bastasse o veneno que se come,  que se bebe e que se injeta, ainda há os adicionais farmacêuticos, de uma industria cada vez mais rica... claro.  Hoje existe uma penca de transtornos como o TDAH, que exigem tratamentos pesados, e cujo próprio descobridor da doença antes de morrer disse que isso tudo é uma grande ficção...  Aproveitando, já que toquei no assunto, dá uma olhadinha nesses vídeos:




Especialistas do mundo inteiro vêm advertindo a humanidade sobre uma nova ameaça: a ciência moderna está de mãos atadas diante do surgimento das chamadas superbactérias, resistentes a todos os antibióticos mais avançados. 

Cientistas conseguiram isolar três grupos distintos de bactérias que se incluem nesta categoria. Apenas nos Estados Unidos, 2 milhões de pessoas são infectadas todos os anos por bactérias resistentes aos novos super antibióticos e anualmente, 23 mil pessoas morrem por não conseguir combater a infecção.

Em 1928, ao descobrir a penicilina, Alexander Fleming já advertia sobre a possível curta duração do efeito benéfico dos antibióticos. As bactérias que anteriormente não resistiam aos efeitos da penicilina, hoje são totalmente indiferente a sua ação. Em menos de 10 anos, as cepas bacterianas imunes a um antibiótico cresceram de 0.5% para aterrorizantes 50%.

O FDA, órgão responsável pela regulamentação e fiscalização de alimentos e remédios nos Estados Unidos aprova cada vez menos novos antibióticos, já que a resistências das bactérias aumenta constantemente, tornando os medicamentos cada vez menos eficazes. A culpa de tudo isto, em grande parte, se deve ao uso indiscriminado dos medicamentos, não apenas no tratamento de pessoas como também em animais. 
A indústria agrícola os utiliza, não como mecanismo de cura, mas para engordar e fazer crescer o gado. 

Em resumo, a situação é catastrófica. O surgimento de uma super bactéria pode desencadear uma pandemia a nível mundial, como ocorreu com a gripe em 1918, quando mais de 50 milhões de pessoas morreram no mundo inteiro. Diferentes governos já advertem que a ameaça bacteriana e mais iminente e terrível do que as ações de grupos terroristas.

Vejam mais sobre em:

-http://www.cienciasparalelas.com.br/manipulacao-viral-fins-terapeuticos-ou-criacao-de-novas-armas-biologicas/

-http://illuminatielitemaldita.blogspot.pt/2014/04/um-cientista-modificou-geneticamente.html 

-  http://www.taps.org.br/Paginas/oaidsartigo07.html-   
( SIDA) 

-http://www.illuminatiagenda.com/the-illuminati-and-chemtrails/.

( PEÇO QUE VEJAM ESTES LINKS ) 


Precisamos de ter uma Mudança de consciência e de hábitos


Sem comentários:

Enviar um comentário