sábado, 19 de outubro de 2013

POR QUE DEVEMOS MEDITAR?



Quais são os benefícios da meditação?
A meditação é muito útil na vida diária, mesmo para aqueles que não meditam regularmente. Ainda que Deus esteja presente em cada pessoa, nunca poderá se manifestar entre tanta desordem, e a desordem está em nosso estado mental caótico. E, com a lucidez que nos traz a meditação, se tornará possível estar acima da razão, através da clareza que ela nos traz, a ponto de nos colocar mais em contato com a nossa própria divindade. 
  • Primeiro, a meditação mantém e melhora a saúde mental, desenvolve paz interior e tranquilidade que favorece a serenidade, o contentamento e a felicidade.
  • Em segundo lugar, melhora a auto-estima, o comportamento racional, o julgamento equilibrado, favorecendo a interação social.
  • Em terceiro lugar, a meditação melhora a concentração da mente, dissipando a confusão, levando a um melhor entendimento, a um melhor conhecimento.
  • Em quarto lugar, mantém e melhora a saúde física, proporcionando descanso e relaxamento e prevenindo doenças e desenvolve a força e o vigor.
  • A meditação amplia nossos processos mentais, purificando a mente e elevando-a para níveis mais elevados de consciência. Temos alguns obstáculos mentais tais como: sonolência ou preguiça, dúvidas (incertezas), malevolências, distrações e desejos. Meditando purificamos a mente.
 A meditação tem inúmeros benefícios para todo tipo de pessoas, especialmente, benefícios mentais.
  • Para pessoas muito ocupadas ajuda a se livrar da tensão e
  • para pessoas preocupadas ajuda a se tornar calma e encontrar paz.
  • Ajuda a superar o medo no coração e aumenta a alegria das pessoas idosas.
  • Há ainda fortes evidências de que ajuda alcoólatras e viciados em drogas a superar os seus perigosos hábitos.
  • Aumenta a habilidade de aprender e memorizar e, além disso,
  • faz as pessoas felizes tanto acordadas como dormindo, sem medo de perigo ou até mesmo da morte.





Como praticar a meditação.


Primeiramente devemos escolher um local silencioso, arejado e limpo. O quarto de dormir é o ideal. 


Depois devemos nos acomodar em uma posição confortável, na qual seja possível permanecer por um bom tempo sem se mover. 



Pode-se se sentar com as pernas cruzadas ao estilo oriental ou deitar-se com a barriga para cima, as pernas esticadas e os pés unidos. 



Após isso se deve fazer o relaxamento de todo o corpo, e para isso usaremos a técnica que já vimos nas primeiras lições deste curso. 

Feito isso, iremos utilizar o método descrito abaixo e passar a fazer a meditação propriamente dita. 



Ao praticar a meditação entenda que seu único objetivo deve ser silenciar a mente, parar com sua agitação e com a sucessão de pensamentos que normalmente ocorre. 

Quando se consegue alcançar o silêncio absoluto da mente, ou seja, a ausência total de pensamentos, é que experimentamos o Vazio Iluminador, o êxtase místico, a liberdade da alma. 

Quanto mais se pratica a meditação mais a mente vai se aquietando, e mais perto estaremos de alcançar o Vazio Iluminador. 

Não se preocupe em saber como deve ser o Vazio Iluminador ou qualquer coisa do tipo. Concentre-se apenas na técnica de meditação que você estiver fazendo. 

Seu objetivo deve ser apenas silenciar a mente, nada mais. O demais virá por acréscimo. 

INCENSO, O AROMA QUE TRAZ PAZ




A palavra Incenso vem do Latim: “Incendere” que significa queimar. Os egípcios foram os primeiros a usar o incenso, onde as resinas de goma e resinas oleosas de árvores aromáticas foram importadas das costas da Arábia e Somália para ser usado em rituais religiosos.

O incenso é essencialmente um composto de plantas aromáticas e óleos essenciais, que liberam perfume aoserem queimados, cada uma das essências com sua função. 

Os egípcios criaram um composto de efeito benéfico, que combinava 16 ingredientes na preparação desse incenso: mel, vinho, passas, junco doce, resina, mirra, olíbano, séseli, cálamo, betume, labaça, thryon, as duas espécies de arcouthelds, caramum e raiz de Íris. Plutarco o definia como: 

“O incenso tem dezesseis ingredientes, número que constitui o quadrado de um quadrado e tais ingredientes são coisas que, à noite, deliciam. Tem o poder de adormecer as pessoas, iluminar os sonhos e relaxar as tensões diárias, trazendo a calma e quietude àqueles que o respiram.”

O incenso é utilizado em rituais de oração, purificação dos ambientes, aromaterapia e meditação em várias partes do mundo e em diversas culturas e religiões, como os Hindus, Judeus, Gregos, Romanos, Budistas, Islâmicos e em outros cultos.


Tipos de Incensos

Os incensos são acesos para limpar os ambientes, o levando para todos os cantos da casa, energizando e transmutando a energia negativa em positiva. A cada incenso aceso deve-se mentalizar uma oração, além de pensamentos positivos. Representam o “sopro de vida” ou espírito, transportando nossos pensamentos, mensagens e orações a Deus. Devem ser acesos para energizar e transmutar as energias e funcionam como purificadores e condutores de vibrações, sejam das pessoas ou do lugar aonde se encontram.
Existe uma essência a ser utilizada para cada uso, podem ser em pirâmides, quadrados, palitos, pó, e outras formas.

Abaixo você pode conferir qual a função de cada incenso a ser incinerado:




Arruda: confere proteção espiritual e aumenta a segurança. É muito eficiente na eliminação de energias negativas e sua purificação.

Acácia: evita pesadelos e transmite um sono tranqüilo.

Absinto: favorece a clarividência, e também, para proteção e amor.

Alecrim: afasta a depressão, purifica o local em questão, e eleva o nível de pensamentos.

Alfazema: eleva o astral e transmite tranqüilidade.

Almíscar: aumenta a sorte e o sucesso, assim como a intuição.

Angélica: aumenta a proteção.

Artemísia: faz aflorar a clarividência.

Anis estrelado: atrai a boa sorte.

Benjoim: aumenta a criatividade, seja em trabalhos artísticos ou escritos.

Camomila: melhora as finanças e acalma emocionalmente.

Canela: é indicado para questões financeiras e tranqüiliza o ambiente.

Cânfora: aumenta a realização emocional e profissional e elimina todo tipo de energia negativa.

Cedro: aumenta a força física. Muito indicado para purificar os ambientes, pois atrai vibrações de harmonia. Quanto aos negócios, ajuda a ter sucesso com as vendas.

Cipreste: aumenta a concentração, a firmeza e o equilíbrio. Proporciona prosperidade e fortuna.

Coco: traz o equilíbrio emocional necessário para a tomada de decisões.

Cravo: abre os caminhos, atrai dinheiro, destrói as energias negativas reinantes e confere segurança.

Erva cidreira: confere felicidade e sucesso; assim como promove o encontro de verdadeiro amor.

Erva doce: eficaz contra “olho gordo”; como também promove a harmonia e paz.

Eucalipto: renova as energias e promove uma verdadeira limpeza energética do local.

Hortelã: anula as energias negativas. É muito indicado para aumentar a compreensão, o poder de decisão, a ordem e a consciência ecológica.

Jasmim: aumenta a resistência física e melhora os negócios. Acalma o ambiente.

Lavanda: elimina a depressão e confere um sono tranqüilo.

Manjericão: traz sorte, felicidade, prosperidade e proteção.

Mirra: estimula a intuição.

Nag Champa: limpeza energetica, limpeza de espaços, e para tratamentos reiki, massagens....

Noz moscada: alegra o ambiente e atrai dinheiro, da maneira justa e merecida.

Orquídea: indicado para purificar o ambiente de trabalho e ajudar a encontrar soluções para
problemas práticos.

Patchuli: traz abundância e reativa a fertilidade.

Pimenta da jamaica: elimina brigas dentro de casa; atrai dinheiro e boa sorte.

Pinho: atrai proteção e aumenta a fertilidade.

Rosa branca: limpa o ambiente contra as energias maléficas e acalma as pessoas que estão ao seu redor.

Sândalo: ajuda no desenvolvimento e expansão da intuição.

Sândalo branco: traz sucesso, proteção e aumenta o poder da meditação.

Vertiver: é a fragrância que protege o comércio, favorecendo as boas vendas, atraindo dinheiro e a boa sorte.

Violeta: ajuda a espantar as energias negativas.

AS CORES E O PODER DAS VELAS




As cores estão carregadas de energias e significados. O seu uso e estudo na terapia (cromoterapia), as cores são usadas para a cura de doenças, e vem sendo utilizados há muito tempo pelos homens, desde o antigo Egito, Índia, Grécia e China, com objetivo de harmonizar o corpo, atuando no nível físico e até aspectos mais sutis da nossa alma. 

A saúde e a doença estão diretamente ligados a harmonia entre meio ambiente, corpo e mente. A cor da roupa, da casa, dos móveis, de pinturas, anúncios, estão carregados de forças sutis que, embora não nos demos conta, estão influenciando diretamente nossos sentidos, escolhas e nosso humor. 

Não é a toa que na passagem do ano, usamos branco para ter paz, amarelo para dinheiro e inteligência, verde para esperança, azul para saúde e rosa para o amor. Essas e todas as outras cores carregam seus próprios significados e as velas não ficam de fora quando se trata de de unir as cores com o objetivo que se tem ao acendê-las. 

Ao escolher uma vela, devemos também escolher a sua cor relacionando com o pedido a ser feito ao acendê-la. Unindo as duas energias, você terá mais força nos seus pedidos, e passará essa força aos Anjos.

Vela branca: Representa a pureza, limpeza, sinceridade, a busca da paz, reconciliação, harmonia e iluminação. Acende-se quando se deseja ter paz, pode-se chegar às aquisições mais elevadas na vida: atingem o que há de mais sublime: o coração.

Vela amarela: A vela amarela deve ser acesa quando há necessidade de cura energética, clarear a mente, abrir o intelecto, firmar os pensamentos, desenvolver a espiritualidade e ocorrer mudanças rápidas das situações.

Vela azul: Deve ser acesa quando se deseja adquirir calma, serenidade, sabedoria, desenvolver e trabalhar poderes paranormais, sensitividade, intuição e ter expansão nos projetos.

Vela rosa: representa a beleza, o amor, a moralidade. Deve ser usada em assuntos amorosos para fortificar relacionamentos afetivos. Boa cor para realizar os desejos do campo emocional e afetivo.

Vela lilás: Deve ser acesa quando há necessidade de transmutar as energias, transformar negatividade, ter inspirações, aumentar a intuição, combater o “stress” e acalmar-se.

Vela prateada: Representa um brilho especial, aquele que vem da lua. Quando acesa, ilumina o caminho para que se possa atingir o plano astral no qual se mantém contato com os Anjos. Afastando os obstáculos e fortalece os passos de quem se deixa guiar por ela.

Vela vermelha: O vermelho está ligado a uma força vital indispensável, independente de onde seja usado. A vela vermelha deve ser acesa quando se precisa de coragem, ânimo, determinação, força, ação, dinamismo, vigor, proteção, conquistar e liderar assuntos relacionados à matéria, trabalho e dinheiro, para que se tenha triunfo e evolução rápida dos acontecimentos.

Vela verde: A vela verde simboliza a calma, a tranquilidade e o equilíbrio. Deve ser acesa quando se desejar a cura física e espiritual, fertilidade, estabilidade e abundância. Usá-lo significa abrir as portas para que a vida flua.

Vela dourada: O dourado também remete um brilho especial, o do sol! Assim como o prateado o dourado também ilumina o caminho e atrai força positiva para que se alcance o plano astral. Deve ser acesa para atingir um nível elevado onde se pode manter uma comunicação divina.

VELAS, PODER E FORÇA DA LUZ DIVINA




Dizem que quando a gente assopra uma vela é como se tivéssemos assoprando um Anjo para longe, mas como tudo na vida, nossos gestos refletem o que existe em nossos corações. 

Acredito que acender e apagar uma vela significa muito mais que atrair ou afastar um anjo. A luz de uma vela pode representar a luz divina, e a força de cada vela acesa vem de dentro do nosso coração. 

Quando se acende uma vela, cria-se um caminho direto a com sua alma, medita-se sobre as intenções positivas, fazendo pedidos com o coração, mentalizando a energia benéfica a partir da realização dos seus desejos. 

Acredite na vibração da sua aura, deixe as energias negativas se afastarem, entregue-se ao poder dos Anjos, deixe-se absorver pela magia da luz, aproveite essa luz para enxergar seu verdadeiro caminho. 

Os Anjos são a luz e se aproximam de nós para iluminar nossos caminhos, nossos corações. A comunicação entre nós e os Anjos, através da luz da vela, pode ser decifrada conforme a luz da chama.


É possível identificar algumas mensagens:

Vela que não acende prontamente – Indica que o anjo pode estar tendo dificuldades para chegar até você, eles se aproximam quando sua aura está clara. O astral ao seu redor pode estar “poluído ou carregado”.

Vela queimando com chama azulada – O anjo demonstra que, devido às circunstancias, seu pedido terá algumas mudanças. Está lhe pedindo paciência, pois a realização de seu desejo já está à caminho.

Vela queimando com chama amarelada – A sua felicidade está próxima.


Vela queimando com chama vermelha – O seu pedido está sendo realizado.

Vela queimando com chama brilhante – Você está tendo êxito no seu pedido.


Chama que levanta e abaixa – Você está pensando em várias coisas ao mesmo tempo. Sua mente pode estar um pouco tumultuada. Mantenha-se concentrado, limpe a mente e o coração e deixe espaço para os seus sentimentos mais nobres.

Chama que solta faíscas no ar – O anjo colocará alguém no seu caminho para comunicar o que você deseja. Poderá ter algum tipo de desapontamento antes do seu pedido ser realizado. Antes do seu pedido se realizar, você sofrerá algum pequeno aborrecimento.

Chama que parece uma espiral – Seus pedidos serão alcançados, o anjo já está levando sua mensagem. Mas, cuidado, não faça comentários de seus desejos, pois tem gente por perto querendo atrapalhar os seus pedidos.

Pavio que se divide em dois – Seu pedido foi feito de forma duvidosa, tente novamente.

Ponta de pavio brilhante – Sorte e sucesso no seu pedido, a confirmação exata de sua força! Tudo que brilha, o sol, a lua, as estrelas, o ouro e até mesmo um olhar, é repleto de verdade e beleza.

Vela que chora muito – O anjo sente dificuldades em realizar o seu pedido. Pois, você está muito emotiva, e sem forças.

Sobra um pouco de pavio e a cera fica em volta – O anjo pede mais oração.


Vela que se apaga sozinha – O anjo ajudará na parte mais difícil do pedido, o resto cabe à você resolver. Prepare-se para canalizar, através das suas energias, essa realização e conte sempre com a ajuda dos Anjos!

Chama enfraquecida – É preciso reforçar o seu pedido.

Chama que permanece baixa – De tempo ao tempo, pois esta não é a hora certa para receber o que tanto deseja. Indica que você não está bem, e há necessidade de elevar rapidamente o seu astral.

Chama que vacila – Indica que o pedido se realizará, mas antes ocorrerá alguma transformação necessária.

Quando se acende mais de uma vela e uma das chamas está mais brilhante do que as outras – Indica boa sorte.

Quando se acende mais de uma vela e, todas as chamas ESTÃO altas e brilhantes – Erga as mãos para o céu e agradeça pela benção que está recebendo em seu pedido.Quando a vela queima por inteiro: seu pedido foi plenamente aceito.

Quando a vela forma uma ESPÉCIE de escada ao lado – indica que seu pedido está se concretizando.


Quando a vela termina de queimar e sobra cera esparramada no prato, sem queimar – É sinal que você precisa acender novamente o que sobrou, pois existe energias negativas atrapalhando. Quando terminar de queimar, então acenda outra e agradeça ao seu Anjo.